Secretaria de Saúde confirma transmissão comunitária da Delta no estado

Minas Gerais confirmou, até a tarde desta terça-feira (17 de agosto), 12 casos da variante Delta e existem mais oito em investigação. Além disso, pela primeira vez há a confirmação de transmissão comunitária, com dois casos nas regiões Sudeste e Noroeste.

“Como estão ocorrendo casos em pessoas que não viajaram, podemos falar que já existe uma transmissão comunitária em Minas Gerais. Porém, acreditamos que, com o avanço da vacinação, quando tivermos um aumento da circulação da Delta, a proteção da vacina poderá barrar o seu avanço”, avaliou o secretário de Estado da Saúde, o médico Fábio Baccheretti.

Baccheretti reforçou, também, que os cuidados para conter a transmissão da variante Delta são os mesmos e devem ser mantidos – distanciamento social, uso de máscaras, higienização das mãos e a vacinação.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) tem ampliado as ações de vigilância genômica do coronavírus e realizado um monitoramento rigoroso dos casos suspeitos da variante, a fim de coibir a sua disseminação no estado, principalmente em regiões mineiras próximas aos estados com maior transmissão.

Para minimizar o risco de disseminação, a SES-MG faz o monitoramento dos casos confirmados e contatos. Até o momento, já foram confirmados 2.805 casos de variantes no estado. A variante que ainda predomina é a Gama (P.1), presente em 96,06% dos casos. As 12 confirmações da variante Delta representam 0,4% do total de amostras sequenciadas até o momento.

Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Informe seu nome

Mais acessadas