Indústria farmacêutica anuncia investimento de R$ 300 milhões na expansão de sua unidade em Pouso Alegre

A ACG, fabricante indiana de cápsulas para medicamentos, anuncia novos investimentos. Após a expansão, concluída no fim do ano passado, o Grupo ACG World, fornecedor de soluções de fabricação integradas para a indústria farmacêutica, segue investindo na fábrica de Pouso Alegre. Operando no limite da capacidade produtiva, a empresa estima investir cerca de R$ 300 milhões para um salto de 120% na produção nos próximos cinco anos.

A planta funciona atualmente com dez linhas de produção de cápsulas para as áreas farmacêutica e nutracêutica e, segundo o diretor de operações da unidade de Pouso Alegre, Fernando Teixeira, há demanda suficiente para o aumento de produção. Com investimentos recentes, o grupo alcançou a fabricação de 1 bilhão de cápsulas/mês na unidade.

“Desde o início das operações observamos uma demanda crescente. Obtivemos
todas as certificações, mantemos as exportações principalmente para Estados
Unidos e África e a pandemia reforçou ainda mais a necessidade de uma fábrica
como essa no Brasil e na América Latina. Somos a mais moderna do mundo e se
não fosse nossa presença, possivelmente haveria déficit de produtos no mercado”, contou.

De maneira complementar, o sales head do grupo, Raphael Sideris, destaca que, atualmente, a indústria farmacêutica enxerga a ACG como grande parceiro e
pelo menos 80% dos players mundiais possuem algum negócio com a empresa.
No Brasil, a multinacional atua na área de cápsulas, filmes, engenharia e inspeção.

Conforme o diretor, a unidade mineira conta com tecnologia indiana e inteligência de mercado brasileira, e é destinada à fabricação de cápsulas para os segmentos farmacêutico, nutracêutico e alimentício, sendo a única empresa do mercado nacional que produz cápsulas duras para preenchimento líquido. Ao todo são 350 empregos diretos e indiretos na unidade. Com a nova expansão, o número de funcionários vai quase dobrar.

Além disso, para 2021, a empresa prevê um crescimento de 40% sobre o ano anterior, depois de já ter alcançado alta na casa dos dois dígitos no decorrer do exercício passado. “A ACG saiu do zero em produção e hoje já se tornou a maior (empresa) exportadora do Sul de Minas”, completa o diretor de operações da unidade.

OUTRAS GIGANTES DO SETOR EM POUSO ALEGRE

Ainda tem fábricas no município, além da fabricante indiana de cápsulas para medicamentos, ACG, a União Química, posicionada como uma das dez maiores do setor no Brasil, o Grupo Cimed (líder em genéricos e varejo) e o laboratório nacional Biolab.

Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Informe seu nome

Mais acessadas