Em Pouso Alegre, projeto avança com ação de conservação do solo para evitar erosões

Nessa terça-feira (27), o projeto “Nossa Água, Nosso Futuro” avançou mais uma fase. Estão sendo desenvolvidas ações da meta agricultura sustentável pelo Departamento de Gestão Ambiental, Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente e a EMATER. As ações incluem a implantação de estruturas de conservação de solo, como curvas de nível e cacimbas que melhoram a infiltração de água e evitam a perda de solo. Sem a conservação de solo, o produtor pode ter a produtividade prejudicada pela perda de camada fértil, bem como alteração na quantidade e qualidade da água produzida na sua propriedade devido ao carreamento de sedimentos. Os trabalhos continuarão em outras propriedades inscritas no Projeto Nossa Água Nosso Futuro e que necessitam de conservação do solo.

“Nessa propriedade, o processo erosivo está bem avançado, perdendo a primeira camada superficial do solo, que é a parte fértil da terra. O que estamos fazendo aqui é evitando que essas terras desçam para o curso d’água e para as nascentes.”, comenta José Leonaldo da Rocha, Engenheiro agrônomo.

O Produtor rural Amilco Mancuso, aderiu ao programa há dois anos e reforça as vantagens: “São muitas vantagens, mas a principal é a conservação do solo e das nascentes d’água. O programa também ajuda as pessoas a conscientizar sobre a importância da água para o homem do campo.”

Com o projeto, o produtor protege suas nascentes e melhora a parte produtiva do solo. “Essa é uma grande vantagem para o produtor rural, se fosse com recursos próprios e atendendo as leis do meio ambiente, esse projeto ficaria muito caro. Com a iniciativa da Prefeitura, o projeto sai sem custos para o produtor.” Destaca José Abílio, técnico extencionista da EMATER José Abílio.

O “Nossa Água, Nosso Futuro” promove adequação ambiental das propriedades rurais a fim de manter cobertura florestal nativa e assegurar a qualidade e quantidade das águas.

O projeto é uma iniciativa da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente em parceria com o Instituto Federal Sul de Minas, Emater, IEF, TNC, Conservador das Águas do Município de Extrema, Câmara Municipal de Pouso Alegre, CODEMA, Plano Conservador da Mantiqueira, SOS Mata Atlântica, WRI Brasil, UICN, Agência Nacional de Águas, WWF, Iniciativa verde, Conservação Internacional Brasil, FUNDAG, UKAID, Pacto pela Restauração da mata atlântica, UFV, Grupo dispersores, Copaíba.

Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Informe seu nome

Mais acessadas