Com aumento na transmissão, pandemia volta a crescer em Belo Horizonte

Após 26 dias sob controle, dados mostram quem a pandemia do coronavírus em Belo Horizonte está, oficialmente, em crescimento. A alta taxa de transmissibilidade avançou novamente, com RT 1,01. O mesmo ocorreu com a incidência de novos casos de Covid-19 por 100 mil habitantes, que, há 14 dias, registrava queda livre, e, nos últimos três, retomou alta.

Em termos de ocupações, tanto em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias, houve registro de leve queda nas últimas 24 horas. Os percentuais foram, respectivamente, de 54,7% a 52,4% e 42,4% a 40,1%. Não houve queda no número de leitos disponíveis, com exceção nos de enfermaria oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) da capital, que caiu em 10 vagas.

Vacinação

A prefeitura da capital informa que 35,6% do público-alvo da campanha de imunização contra Covid-19 terminou o esquema vacinal com duas aplicações ou dose única. O percentual do grupo que recebeu as primeiras doses é de 72,5%. Em relação à população total de Belo Horizonte, 64,7% receberam as primeiras aplicações e, 32,8%, completaram a vacinação com duas doses ou dose única.

Números

São 267.560 casos confirmados de Covid-19 e 6.432 mortes desde o início da pandemia na capital. Em 24 horas, foram contabilizados 854 novos diagnósticos e 17 óbitos. O Executivo afirma que 257.666 pessoas se recuperaram da doença no município e outras 3.462 estão em acompanhamento por profissionais de saúde.

Relacionadas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Informe seu nome

Mais acessadas